E-mail: atendimento@aep.net.br
Whatsapp: +55 11 94277-9889

Atualização do Facebook permite que os usuários identifiquem as fake news

O Facebook está sofrendo reformulações em relação à privacidade de dados e credibilidade da rede. O novo recurso disponibilizado pela rede permite que os usuários identifiquem o notícias falsas. Confira como funciona!

Você já se deparou com uma notícia no Facebook e duvidou de sua veracidade? Isso é algo muito comum, mas parece que a rede está finalmente chegando em uma solução.

Após a recente onda de vazamentos de dados que está abalando a confiança na rede social, a empresa está recorrendo à medidas para reduzir os danos na imagem e reconquistar a confiança dos usuários.

A mais recente delas foi uma atualização (que já está disponível nos EUA) que pretende minimizar a disseminação de fake news. Entenda tudo sobre essa novidade a seguir!

Como o Facebook detecta e aponta as fake news?

O Facebook desenvolveu um novo recurso que permite que o usuário consiga mais informações sobre a procedência da matéria e até mesmo veja quais dos amigos compartilharam a notícia. Esses dados estão dispostos ao lado do título do conteúdo no ícone “i”.

Será possível conferir:

  • O perfil de quem publicou a notícia (registrado na Wikipédia);
  • Mais notícias da mesma fonte (prévia de outros conteúdos compartilhados pelo portal);
  • Quais amigos da sua rede compartilharam a notícia.

A plataforma combinou esses elementos para tentar educar os usuários para perceber quando as notícias não possuem credibilidade e se atentar a sua autenticidade.

O lado bom

Após as complicações causadas pela polêmica das fake news na campanha eleitoral dos EUA, a rede social parece ter se atentado para a necessidade de maior monitoramento e prevenção contra perfis falsos que espalham notícias tendenciosas.

Educar os usuários pode ser um primeiro passo para impedir que esse tipo de desvio de informação ocorra, além de reforçar, por meio da função que permite ver conteúdos relacionados, fontes de qualidade e credibilidade.

O lado ruim

O Facebook precisa continuar buscando soluções para combater as fake news, já que a ferramenta ainda não consegue atuar em casos em que o usuário não leu a notícia e está apenas reagindo ao título. Afinal, aposto que você já viu vários conteúdos com títulos sensacionalistas surgindo na sua timeline.

Daqui para frente

A rede de Mark Zuckerberg já está atenta para prevenir maiores escândalos que podem atrapalhar a empresa e diminuir ainda mais a confiança na plataforma. Resta saber quais serão as próximas medidas para a eliminação de perfis falsos e quando elas chegarão a outro países além dos EUA.

Quais serão os próximos passos do Facebook? A rede está entrando em cheque após os vazamentos. Será que o Facebook continuará se mantendo?